Olha o baphão!

Lembra que falamos aqui que Rob e Blac Chyna tinham se separado? Tempos depois e com a estreia do reality "Rob & Chyna", as coisas pareciam estar melhores, mas eis que ontem o único homem Kardashian jogou no Twitter o número do telefone da Kylie Jenner, sua irmã mais nova!


Em outra mensagem ele explica que não convidaram a mãe do filho dele para o próprio chá de bebê!

Tudo estava muito estranho até que uma fonte do TMZ revelou que, na verdade, Rob e Chyna não se falam há meses! Eles até estiveram no mesmo evento quando o reality show estreou, mas é só.

Com a tensão entre o (ex?) casal, as irmãs resolveram organizar dois chás de bebê separados - um para o pai e outro para  mãe. Supostamente Chyna foi consultada antes pelas irmãs Kardashian-Jenner e ela teria concordado que eventos separados era o melhor, mas Rob pelo visto não estava sabendo disso...

E por que Kylie foi a escolhida pra cristo? Será que é porque ela namora o ex de Chyna e pai do filho dela???

Lembrando que por tudo que já foi mostrado e falado, Kylie foi uma das poucas que não reprovaram o relacionamento do irmão e se esforçou para ter um bom relacionamento com a ex do seu namorado.

E agora??? Alguém aí aposta numa segunda temporada de "Rob & Chyna"? Será que com o nascimento da primeira filha, o casal vai se reconciliar?

Fonte: TMZ

Se é que ainda havia dúvidas de que esses dois voltaram com tudo (como esquecer da melhor comemoração pós-ouro nas Olimpíadas?), Bruna foi vista no aeroporto de Madri e depois almoçando com o jogador em Barcelona!


#Brumar

Fonte: Extra

Que fofura a pequena Dusty Rose Levine!!!! 



Na última quarta-feira (21) nasceu a primeira filha do cantor Adam Levine e da modelo Behati Prinsloo, que publicou essa linda foto da bebê com o pai! 



A partir de março de 2017 a boy band se apresenta regularmente no Planet Hollywood Resort & Casino!



Para ver o vídeo do anúncio clique aqui

Enquanto saía do desfile da marca Max Mara, em Milão, junto com a irmã Bella, um homem supostamente fã a agarrou e a levantou do chão.

Antes mesmo dos seguranças da modelo fazerem qualquer coisa, a loira deu umas cotoveladas no agressor, que a soltou rapidamente.



No vídeo é possível ver que a modelo estava pacientemente atendendo aos fãs enquanto andava para o carro. No meio das pessoas surge um homem de chapéu e óculos que a pega pelo colo. Ela fica muito brava, desfere cotoveladas e xingamentos.

Sua irmã também tenta ajudar e grita para ele soltá-la.

No final, ainda pede para o segurança ir atrás do cara.

O engraçadinho sem graça é Vitalii Sediuk famoso por fazer pegadinhas de mal gosto com celebridades.

Fonte: TMZ


Se há muitos anos ouvimos boatos de crise e separação desse casal, hoje, pela primeira vez, a notícia é publicada de uma fonte segura.


O TMZ confirmou que Angelina entrou com pedido de divórcio, sem pedir pensão e exigindo a guarda unilateral dos 6 filhos, apenas com visitação para o pai.

Segundo a fonte, o motivo seria divergência na criação dos filhos. Angelina não estaria satisfeita com os métodos do marido. Que métodos seriam esses, ninguém sabe.

O site afirma também que não há uma terceira pessoa! Traição não foi o problema aqui.

Os dois estão juntos desde 2004 e se casaram oficialmente em 2014.



Apesar de serem uns dos atores mais famosos do mundo, eles sempre foram muitos discretos em suas vidas pessoais e sempre passaram a imagem de família de comercial de margarina. Por isso a notícia (oficial) chega como uma surpresa para os fãs.

UPDATE 1: Circulam rumores de que Angelina não concordava com o uso abusivo de maconha e álcool por Brad e que ele teria problemas de controle da raiva.

O advogado da família, no entanto, mandou o seguinte comunicado oficial:


"Essa decisão foi tomada pela saúde da família. Ela não vai comentar isso e pede que seja dada privacidade para a família nesse momento."

UPDATE 2: Novos boatos apontam para uma suposta traição de Brad Pitt. Ele estaria envolvido com a atriz Marion Cottilard, nos bastidores do filme "Allied", e com prostitutas russas. Angelina teria contratado um detetive particular para descobrir as puladas de cerca do marido.

UPDATE 3: Brad Pitt se posiciona publicamente pela primeira vez através do comunicado:


"Estou muito triste por isso, mas o que importa agora é o bem estar dos nossos filhos. Eu peço gentilmente que a imprensa dê a eles o espaço que eles merecem durante esse período difícil."

UPDATE 4: Mais especulações vão surgindo... Brad e Angelina brigavam bastante e passavam algum tempo separados. Ultimamente o ator ficava bastante na propriedade do casal na França. Além disso, Brad era mais estrito na educação das crianças, enquanto Angelina era mais liberal, o que acabava criando conflitos entre eles.

UPDATE 5: Rumores começam a se espalhar sobre uma suposta briga de Brad Pitt com os filhos, durante um voo da França para os Estados Unidos. O ator teria saído do avião transtornado. Ele estaria sendo investigado por agressões às crianças e tanto ele quanto Angelina já teriam sido ouvidos pela polícia. A investigação teria sido remetida ao FBI, que teria atribuição para o caso (que ocorreu dentro de uma aeronave em voo internacional).

Fonte: TMZ 

Ontem (18) rolou em Los Angeles o Emmy Awards, a premiação da TV (e Netflix) americana!

Teve muitos looks interessantes e senti que algumas meninas estavam mais dispostas a sair do lugar comum. 

Uma tendência clara são as capas e caudas e na beleza, maquiagem bem leve. 

E dessa vez muitas resolveram apostar em cores

O que, claro, não quer dizer que não teve chuva de nudes e brancos (clique nas imagens para ver em alta qualidade):

Sofia Vergara é sempre musa. Não há discussão. Mas eu achei esse vestido Atelier Versace muito de miss. De qualquer forma, curti o cabelo preso para trás! Ela sempre usa ele todo solto e de lado...

Emilia Clarke também foi de Atelier Versace. No vídeo ficou mais bonito que na foto, que não capturou bem os brilhos. Deixou ela com um corpo lindo, mas talvez esse nude tenha sido nude demais, não?

Giuliana Rancic estava bem fadinha nesse vestido com capa Georges Chakra. Aliás, esse modelo ainda sobrevive nessa temporada!

Felicity Huffman também estava linda nesse Tony Ward. Não é um modelo fácil, mas acho que funcionou muito bem nela!

Julie Bowen bem elegante nesse vestido com babados na parte traseira by Lela Rose.

Olivia Culpo estava liiiinda de Zac Posen! Tivemos poucos vestidos não longos e esse foi um super acerto, na minha opinião! Aliás acho essa menina linda demais! E acho que Zac Posen faz os vestidos mais polidos e com melhor caimento atualmente. 

Keri Russel apostou num modelo de vestido fora do comum e acho que mandou bem! Tá clean e chique nesse look Stephane Rolland.

E o que dizer de Heidi Klum?! Sempre linda e cheia das fendas e recortes. Não é o meu favorito, mas não dá para negar a beleza da modelo nesse vestido Michael Kors.

E também nunca podem faltar os pretos:

Diretamente de Winterfell, Sophie Turner de Valentino! Com certeza ela está de stylist novo!!! Gostei do vestido e da beleza fresh! O look pode não ser nada demais, mas considerando o histórico dela, tá ótimo!!!

Também de GOT, a atriz Maisie Williams foi mais uma que apostou no comprimento midi nesse vestido Markus Lupfer. Eu gosto que ela é sempre cool e jovem nos tapetes vermelhos, combinando com sua personalidade. Isso é raro nesses eventos.

Brienne Gwendoline Christie, uma das poucas de curto. Não posso dizer que amei esse vestido, mas não foi a pior coisa da noite,

Kirsten Dunst em um belo vestido Givenchy. Não curti esse decote nela preciso dizer!

Kerry Washington num look grávida ousada by Brandon Maxwell.

Julia Louis-Dreyfus estava linda nesse Carolina Herrera! Chiquérrima!

Neve Campbell de Christian Siriano.

America Ferrera de Jenny Packham. Achei bem uó. Glorinha noivas & madrinhas com certeza tem um igual por preço melhor!

Bem, mas já que falei de cores lá no começo, vamos a elas!

Verdes e amarelos estavam em alta ontem à noite:


Tina Fey de Oscar de la Renta. Bonita, mas sem emoção. Bom modelo para madrinha. Num casamento no campo ou na praia fica ótimo!

Amy Poehler de Pamella Roland. Mais um vestido com capa, mas esse achei que a envelheceu um década!

Sarah Paulson acertou em cheio nesse Prada!

Ellie Kemper de Jenny Packham. Ok. Mio mãe de noiva não? Uma mãe de noiva jovem e chique, devo dizer! Mas para red carpet achei pouco.

Taraji P. Henson elegantérrima de Vera Wang. O modelo é bem minimal, mas essa cor nesse tom de pele ficou divina! Maquiagem e acessórios bem clean para companhar. Outra boa inspiração para madrinhas! Imaginou um casamento em Búzios ou Trancoso???

Mandy Moore de Prabal Gurung. Não sou muito fã de babadinhos (adoro os babadões)...

Vermelhos e rosas:

Priyanca Chopra uma visão de Jason Wu. Sempre fico chocada com a beleza dela;

Julianne Hough de Armani. Uma coisa meio grega né?! Achei simples demais pra ocasião, apesar de gostar dessa vibe normcore.

Viola Davis é sempre musa! Gostei da cor do Marchesa, mas achei esse modelo meio batido. E definitivamente não gostei da clutch escolhida!

Demais cores e estampas:

Hannah Murray de GOT de azul bebê Philosophy. Meigo camisolístico. Esse tom está muito em alta.

Outro desbunde do Zac Posen: a modelo e atriz Emily Ratajkowski.

Jane Krakowski divertida de vestido Bibhu Mohapatra. Jesus quantas consoantes numa mesma frase!!!

Kristen Bell parecia um sonho de vestido Zuhair Murad! Pa-ra-béns!

Sarah Hyland moderinha nesse look Monique Lhuillier.

Prateados e dourados para fechar:

A irmã mais nova de Sarah na série Modern Family apareceu pela primeira vez em um bom tempo com os peitos cobertos! Rolou transparências, fendas e vestido mais justo que Deus? Sim! Mas prefiro Ariel Winter assim do que em suas últimas aparições (no red carpet e nos tabloides)! O vestido é Yousef Al-Jasmi e parece que respirar foi uma tarefa difícil para a atriz.

Robin Wright bem gata de Reem Acra! Tendência lingerie aparecendo: check!

Laverne Cox de Naeem Khan. Bem Beyoncé!

Claire Danes brilhando mais que o sol de vestido Schiaparelli! Achei o vestido lindíssimo, mas achei que ela pegou pesado no bronzeamento artificial.

Ufa! Surra de looks hein?! Gostaram???

Agora só um P.S. com esse casal dos sonhos:

Jon Snow e Khaleesi porque GOT levou o prêmio de melhor série dramática!

Fonte: Just Jared

Como falei no post sobre o restaurante Banzeiro, passei um final de semana em Manaus recentemente e adorei conhecer um pouco (bem pouco mesmo) a região amazônica! Foi minha primeira vez no Norte do país.



Até mesmo pela minha falta de tempo, resolvi fazer um passeio de barco bem turistão, mas que cobria o pacote básico do lugar. O tal passeio é oferecido por diversas agências de turismo, dura o dia inteiro e inclui, além do transporte:

- encontro das águas (rio Negro e Solimões),
- "pesca ecológica" de pirarucus,
- fotos com "animais selvagens",
- almoço em restaurante flutuante (comida inclusa e liberada, bebidas à parte),
- artesanato indígena
- lago das vitórias régias
- nado com botos e 
- visita à "aldeia indígena".

Ao longo do post vou explicar o porquê das muitas aspas usadas acima.

Fechei meu passeio pela agência Amazon Riders, que foi indicada por uma pessoa conhecida, mas existem várias outras confiáveis. Pagamos R$150,00 por pessoa e esse é meio que o preço, com pequenas variações. Se cobrarem mais que isso, pechinche! Uma outra agência me cobrou R$200,00 para fazer exatamente o mesmo passeio.

É possível também fazer apenas metade do passeio (você volta para a cidade após o almoço), mas o valor não compensa - R$ 120,00. Vai da preferência de cada um.

Cada grupo tem em média 30 pessoas.

Agora sim, a minha experiência:

Fomos buscados de van no hotel às 8:30 e levados para o porto de Manaus. Lá fomos encaminhados para o barco e apresentados ao guia. O meu guia foi o James, que falava inglês bem e explicava tudo ao longo do caminho.

Já de início fiquei impressionada com o tamanho do rio Amazonas e da ponte Rio Negro.

Primeira parada: encontro das águas (que dá o nome ao passeio), onde vemos o Rio Negro e o Solimões tentando se juntar para formarem o Rio Amazonas. 



Assim... Não é nada demais! É interessante e tal, mas está longe de ser a coisa mais legal do passeio. Mesmo assim, o barco para para que todos possam tirar fotos.

--

Depois, vamos para a tal "pesca ecológica" dos pirarucus. Na verdade, o guia já explica antes que o que acontece é uma brincadeira, onde os turistas podem amarrar um peixe numa linha sem anzol e dar para os pirarucus, apenas para que você sinta a força do peixe.

Paramos então nessa estação flutuante.

Para essa "brincadeira" você tem que pagar mais R$5,00 por pessoa, para ajudar a comunidade indígena, segundo eles.




Já aqui começou meu problema com esse tour. O que eu vi foi um tanque minúsculo, onde eles deixam confinados vários peixes que podem ultrapassar 2 metros de comprimento e 200 quilos! Ou seja, é um animal grande e pesado que, obviamente, precisa de espaço para viver e se desenvolver decentemente. 

Perguntei para um dos responsáveis pelo lugar e ele confirmou que os peixes vivem ali confinados mesmo. Nada de descanso, nada de passar para um espaço maior. No meio da estação é possível ver um criadouro com diversos peixes menores.

O que ficou bem claro, é que de ecológica essa brincadeira não tem nada!

Já nessa estação, assim como em todas as outras, é possível comprar algo do artesanato indígena.

--

Depois, fomos para outra estação flutuante para tirar fotos com os bichos. Ainda no barco, o guia diz que é sugerido dar uma contribuição.




Eu já sabia que não ia querer tirar essas fotos, chegando lá confirmei o que eu achava. Tinha duas cobras bem grandes e um bicho preguiça que os descendentes indígenas ficam passando de pessoa em pessoa para um clique e uma gorjeta.

As cobras e a preguiça parecem que estão semi-vivas. Eu sei que o bicho-preguiça é devagar e quietinho, mas não é natural ficarem colocando ele no colo de 30 pessoas em 5 minutos! A preguiça é a coisa mais fofinha do mundo e eu fiquei com muita pena. Até das cobras (que, confesso, não me simpatizo muito) fiquei com dó.

Não é meu tipo de entretenimento, mas pelo visto é o da maioria. Tirando eu e mais umas quatro pessoas, todos os outros turistas garantiram a selfie.

Lá também tem um pouco de artesanato para vender.

--

De lá partimos para a parada seguinte: uma estação flutuante bem grande com o restaurante Rainha da Selva, um pequeno mercado de artesanato indígena e atrás uma ponte para o lago das vitórias régias.




Refrigerante típico da região. Muito parecido com o "Mineirinho" que tinha aqui no Rio.

O restaurante é no estilo buffet liberado com todas as formas possíveis de se comer pirarucu e tambaqui (até lasanha de peixe tinha), mas também tem arroz, batata frita, aipim/mandioca frita, farofa, saladas e frutas. As bebidas são pagas à parte.

Após o almoço, é possível fazer compras de lembrancinhas no mercado de artesanato indígena, uma casinha flutuante adjacente com vários "stands" que vendem praticamente as mesmas coisas e com preço tabelado.



Depois, passamos por uma passarela onde é possível ver muitos macaquinhos. Eles são bem fofinhos e eu não vi ninguém dando comida para eles, mas com certeza tem gente que dá. Eles são bem acostumados com humanos e não vi nenhuma atividade ~suspeita~ (tipo pegarem comida ou objeto das mãos das pessoas ou atacarem alguém).





Passando por essa ponte chegamos no lago das vitórias régias, que são realmente grandes e bonitas:


--

Voltamos para o barco e partimos para o tão esperado nado com os botos. Esse trajeto é o mais longo do passeio e dá pra dar aquela cochilada boa pós-almoço.

Mais uma vez paramos numa estação flutuante. Para o mergulho, são separados grupos de 10 a 15 pessoas (apesar das placas dizerem que só podem 10) e enquanto espera a sua vez, é possível comprar uma bebida ou salgadinho ou, mais uma vez, artesanato (em escala bem menor).






Eu tenho medo de mergulhar em rio (não me julguem) e fiquei só tirando fotos mesmo.

Antes de entrar, todos são obrigados a vestir colete salva-vidas e recebem instruções básicas como não tocar nos botos (principalmente no topo da cabeça) e não gritar (o que é meio difícil de conter). Junto com o grupo vai um instrutor que é o único autorizado a dar comida aos botos.

O guia e os funcionários dessas plataforma todos dizem que não tem redes e que os botos são criados livres. Eu realmente não vi nada que indicasse o contrário. O que fica claro é que os mamíferos já sabem que naquele lugar e naqueles horários tem comida fácil e acabam se acostumando com as pessoas.

O mergulho é bem rápido (dura menos que 10 minutos) e garante as fotos e a diversão. Agora o que eu preciso contar aqui é que no grupo em que meu namorado estava, um homem teve um dedo do pé mordido por - ao que tudo indica - uma piranha

Ele saiu da água sangrando muito e o pessoal rapidamente fez um curativo e brincou sobre a "lembrança" que ele ia levar para Amazônia, mas não vi eles alertando ninguém sobre esse perigo.

Taí meu medo de rio justificado!

--

Depois que todo mundo retorna ao barco, vamos em direção à última parada: ritual indígeno na aldeia dos índios Tukano e Dessana.

Na verdade, a gente chega numa área em que está construída uma oca, onde os descendentes indígenas encenam versões curtas dos seus rituais de oferta. Eles falam português (e até inglês!), usam sunga ou short e são bem simpáticos. 

São umas três danças e no final eles chamam as pessoas para dançarem com eles.

Após, você pode tirar fotos com eles (e, como sempre, sugere-se uma contribuição) e, claro, comprar artesanato!






Apesar de ter a plena consciência que tudo ali era totalmente turístico, fiquei muito encantada com o que vi! Nunca tinha visto um ritual indígena de perto e fiquei ainda mais curiosa por essa cultura!

Nesse lugar, tem uma praia (praia de rio, como todas por lá) onde pode-se tomar banho.

--

Depois, hora de voltar! Leva mais ou menos uns 40 minutos até o porto de Manaus e de lá pegamos a van de volta para o hotel. Chegamos no hotel por volta das 18:00.


Vista da volta, mesmo com o dia meio nublado, um espetáculo!

Considerações finais:

 Indicações básicas para esse passeio: roupas leves e confortáveis (faz MUITO calor), roupa de banho e toalha, protetor solar e repelente!

Não se faz nenhuma trilha, então é tranquilo ir de rasteira ou chinelo.

• Minha viagem foi no início de setembro e é considerada a época mais quente. Não tem aquela tradicional chuva no fim do dia, que acontece no período chuvoso (fim e início do ano).

 Uma coisa que me surpreendi é que quase em todos os lugares pega celular e tem máquina de cartão. É sempre mais seguro levar dinheiro, claro.

Também em quase todas as paradas tem banheiro.

 Gostaria muito de não ter visto esses flagrantes desrespeitos aos animais. Considerando a fauna e a flora riquíssimos da região amazônica e as tão faladas atividades predatórias que ameaçam o ambiente, era de se esperar que as agências de turismo se preocupassem mais em preservar tudo isso. Até porque eles adotam esse discurso. Difícil é praticar.

Se alguém tiver indicação de passeios mais "crueltyfree", eu aceito!

 Também pude observar na paisagem alguns pontos de extração de madeira. Não tenho ideia se legais ou não. Espero do fundo do meu coração que sim.

As agências oferecem diversos passeios que duram mais dias e fazem uma incursão mais "selvagem". Também é possível se hospedar em hotéis no meio da mata e ficar ainda mais em contato com a natureza.

 Eu já sabia, mas com essa viagem tomei ainda mais consciência da diversidade do nosso país. O Brasil é tão grande que cada região tem sua particularidade, paisagem e cultura totalmente diferentes umas das outras. Isso é incrível!!! 

Fiquei com mais vontade de explorar o norte do país e outros destinos nacionais que sempre quis conhecer! Sempre ouvi que o brasileiro tem a tendência a conhecer muito mais do exterior do que seu próprio território e eu acabo comprovando esse clichê. Pretendo mudar isso!

--

Espero que esse longo post tenha ajudado quem está pensando em conhecer Manaus ou até mesmo nunca pensou, mas agora ficou curioso.

Qualquer dúvida, é só deixar nos comentários!

*Todas as fotos deste post pertencem ao blog